fbpx

Apresentação Pessoal

Papo reto, como você deve imaginar, países diferentes avaliam dados diferentes e adotam diferentes modelos de Currículo como padrão, no entanto, os princípios básicos de uma boa apresentação são muito similares em qualquer lugar para onde você planeja ir.

Independentemente da hierarquia da pessoa que busca uma colocação profissional e da área, todos passam por uma crítica análise. Tenha em mente de oferecer um material completo para que sua candidatura seja considerada, pois em função do alto número de interessados, dificilmente um empregador vai ler o seu Currículo e escrever de volta para você para perguntar o que você esqueceu de informar.

Os empregadores recebem centenas de aplicações para cada vaga divulgada e não tem como avaliar todas elas uma por uma, usam robos (esse assunto fica para uma próxima ocasião), pois demandaria muito tempo e por isso temos que fazer o possível para os encantar. Para isso, eu vou te ensinar alguns hacks simples mas que fazem grande diferença na hora de escrever o seu Currículo, a sua Cover Letter, apresentar as suas Fotos e elaborar o seu Video Resume, para você competir para ganhar. Vamos começar pelo seu Currículo.

 

COMO PREPARAR O SEU CURRÍCULO

Ao escrever o seu Currículo, valorize os detalhes, ou seja, deixe o empregador saber as atividades desde as mais simples executadas como os resultados mensurados que foram atingidos ao longo de sua colaboração nos seus antigos empregos, mas se você for um estudante e jovem profissional sem muita experiência, não se preocupe, pode valorizar suas experiências práticas durante a faculdade, por exemplo.

Essa é uma excelente forma de atribuir valor a sua pessoa ao buscar o primeiro emprego. Inclua tudo, mas tudo mesmo que for relacionado a área em que você almeja uma posição, seja participação em eventos, trabalhos voluntários, aquele workshop que você participou tempos atrás, dessa forma você faz a sua apresentação se destacar das demais.

Os Currículos com fotos e vídeos de apresentação são também mais bem aceitos pelos empregadores, abordaremos esses dois itens logo adiante. Para que obtenha os melhores resultados, mantenha um estilo informativo, mas simples e clean, nada de Currículos em formato de figuras, nada de enfeites ou cores, um layout básico e organizado te leva muito mais longe.

Você não quer que alguém menos qualificado que você garanta uma oportunidade de entrevista somente por causar uma primeira impressão mais atraente, não é?

Vamos trabalhar o seu documento por etapas, vem comigo:

Name/Address/Contact Information: Tenha em mente que essas informações são peças chave para que os recrutadores entrem em contato com você. Sabendo disso, seu nome deve estar bem visível (opte por utilizar somente seu FirstName seguido de seu LastName) em negrito, em caixa alta e no centro da página.

Na linha seguinte também no centro, insira seu endereço, dando início pela “Rua / Avenida / Loteamento”, não há necessidade de escrever Address antes da informação, e menos ainda de colocar palavras como Street ou Avenue, se você reside no Brasil, o seu endereço deve ser em português, por exemplo, Avenida das Flores, 1234, apt 123.

Abaixo, vem a cidade, UF do seu Estado e nome do País, por exemplo, Santa Maria, RS, Brazil. Seguidos de seus números de telefone, com prefixo +55 caso sejam números nacionais, o DDD de seu estado e por último todos os dígitos de seus números de contato. Recomendo inserir somente dados de seu telefone móvel, a menos que sua família ou quem more com você seja capaz de atender uma ligação internacional e se comunicar em inglês para te chamar ou passar algum recado.

O mesmo serve para o seu endereço eletrônico, não há necessidade de escrever a palavra eMail, basta digitar seu endereço principal, mas tome cuidado, não cometa o erro de apresentar endereços eletrônicos como “[email protected]”, “[email protected]” ou o eMail comercial de onde trabalha atualmente, se for necessário, crie um novo endereço com o seu nome completo somente para buscar emprego, penso ser bem mais fácil para sua organização pessoal.

Outra dica importante é se livrar de endereços eletrônicos de domínio Hotmail, por exemplo, pois o primeiro merece o título de campeão no quesito enviar mensagens importantes para caixa de Spam/Lixo Eletrônico, principalmente as que contém anexos, mesmo que inofensivos como uma assinatura de eMail de um empregador em forma de figura, as vezes já será o suficiente para a mensagem ser desviada de sua caixa principa. Minha recomendação é utilizar o Gmail, se você não possui uma conta ainda, crie, mais cedo ou mais tarde irá precisar dela.

Depois insira a sua Skype ID, e caso ainda não tenha uma, baixe o aplicativo e crie a sua, pois essa é uma das ferramentas mais utilizadas pelos empregadores internacionais para entrevistar seus candidatos de longe e o cadastro é completamente gratuito.

Quer ir mais além? Considere a possibilidade de criar uma conta no Linkedin e informar a URL personalizada em seu Currículo, como www.linkedin.com/in/marceloconrado/, por exemplo. Ainda na sequência, pode inserir o Link para o seu Video Resume, que vamos abordar em seguida.

Objective/Goal: Alguns especialistas preferem que essa parte seja extinta dos Currículos, muitas vezes para evitar que o próprio candidato se atrapalhe e esqueça de atualizar seu documento ao se candidatar para alguma vaga nova fazendo referência a outra posição ou empresa e seja desclassificado quase que imediatamente. Isso realmente causa uma péssima impressão para o avaliador, pois demonstra total falta e atenção. Eu recomendo que essa sessão seja mantida e sempre revisada.

Esse espaço pode ser útil para você estabelecer uma meta, em outras palavras, mencionar seu interesse na posição de modo que ela seja percebida como um caminho essencial para você chegar a um cargo maior no futuro, demonstrando dessa forma que você possui um planejamento pessoal de carreira e não está simplesmente desesperado por um emprego.

Background: Esse espaço deve ser utilizado para que você informe de forma bem resumida os seus mais recentes Degrees adquiridos que sejam relevantes para a posição a qual você almeja, bem como suas maiores conquistas relacionadas a sua carreira que podem destacar você dos demais candidatos a posição em questão. Pode também reforçar seu tempo de experiência, mas tente não ultrapassar três linhas e destaque algumas palavras-chave em negrito. 

Qualifications & Skills: Essa etapa de seu documento deve ser subdividida de modo que suas habilidades e qualificações fiquem organizadas e permitam um fácil reconhecimento pelo recrutador. Informe primeiramente suas habilidades com processos, computadores, sistemas ou software que estão diretamente relacionadas a vaga para qual está aplicando.

Posteriormente informe as línguas que tem conhecimento seguidas do seu nível de proficiência em cada uma delas, inicie sempre pela mais relevante para o cargo alvo. Eu não recomendo você listar conhecimentos básicos nesse momento, somente os que possui de nível intermediário para cima, a menos que, por exemplo, você seja um profissional com sólida experiência em uma área na qual a comunicação com o cliente não esteja diretamente atribuída a função, como profissionais de cozinha.

Para ilustrar essa situação um pouco melhor, entenda que pessoas com inglês básico jamais serão contratadas para ser recepcionista de um hotel (função que exige um alto nível de comunicação, pois interfere diretamente no que as empresas chamam de arrival experience), mas um chefe de cozinha pode tranquilamente conseguir um bom cargo como subchefe com o mesmo inglês básico, uma vez que a comunicação direta com o cliente final não é uma função atribuída a tal posição.

Após listar suas habilidades em outras línguas, faça uma autoavaliação e identifique quais são suas cinco habilidades mais acentuadas, as que você acredita possuir ou as que alguém já mencionou que você possui. Essas devem estar diretamente ligadas ao cargo pretendido também. Tudo o que não for relevante ao cargo alvo, não deve estar no seu Currículo.

Education: Aqui, você deve incluir informações relacionadas a sua formação profissional, apontando data de início/conclusão de cada uma delas (utilize números MM/YYYY to MM/YYYY, sendo M = Month e Y = Year), nome das instituições ou escolas e localização (Cidade, UF, País).

Logo abaixo, informe a área de estudo, nome atribuído ao curso se é técnico, bacharelado, pós-graduação ou outros e faça um breve comentário sobre cada um, destacando as palavras-chave como informado anteriormente. Sempre comece pelo mais recente.

Work Experience: Aqui você precisa fazer uma relação entre suas experiências prévias e a vaga almejada e lembrar de sempre destacar as atividades que já exerceu para outras empresas que são relevantes o cargo pretendido. Caso você tenha um Currículo muito extenso, considere somente as experiências relevantes dos últimos dez anos de sua carreira nesse item.

A minha sugestão é que cada profissional tenha um Currículo completo, com todas as experiências profissionais já exercidas como modelo, mas que antes de aplicar para qualquer emprego, faça uma revisão dessas informações, treinamentos e experiências e crie um segundo documento direcionado para o cargo alvo no momento, com as informações relevantes somente para essa determinada posição.

Após definir suas experiências relevantes, liste elas em seu Currículo começando sempre pela mais recente ou atual. Inclua em primeiro lugar a sua posição ocupada na empresa, seguido do nome da empresa na linha abaixo, sua localização, identificando Cidade, Estado e País. Na linha de baixo, insira as datas, de modo que permitam ao recrutador ou avaliador identificar seu tempo de permanência em cada emprego, utilize a tipologia MM/YYYY para informar as datas de início e desligamento de cada uma de suas experiências.

Vale a pena reforçar nesse item que você precisa fornecer na descrição das atividades já exercidas o máximo de detalhes pertinentes relacionados ao cargo pretendido, utilizando sempre as palavras-chave quem combinam atividades que já exerceu e as atribuídas ao cargo que pretende ocupar.

E por fim, a razão que levou você a sair da empresa, nessa parte evite falar negativamente de seus empregadores anteriores. Caso não queira compartilhar esse item em um primeiro momento, esteja pelo menos preparado para responder essa pergunta durante as entrevistas de emprego. Eu recomendo evitar ter que responder perguntas como essa pois pode inclinar a conversa para o “lado negativo da força”.

Ao concluir, nomeie o seu Currículo como “Resume – Nome Sobrenome – Área Profissional”, por exemlo, “Resume – Marcelo Conrado – Placement Manager”, pois chama mais atenção e causa também uma melhor impressão do que “Resume English”, “Meu CV”, “Curriculum Atualizado(1)” como costumo receber de diversas pessoas. Isso pode ajudar o receptor a lembrar de você futuramente e passar a imagem de que você é uma pessoa organizada.

Dicas fundamentais:

Sempre revise seu documento antes de encaminhar para alguma empresa, preste atenção na ortografia, caso necessário, utilize tradutores online para auxiliar ou se possível, encaminhe para um amigo ou profissional para que o mesmo faça uma leitura / correção de seu documento. Você pode perder muitos pontos ao enviar um Currículo com erros ortográficos ou que apresente um layout desorganizado.

Seja objetivo, ao descrever suas atividades exercidas nas empresas para as quais trabalhou anteriormente, procure utilizar uma linguagem que realmente transmita de forma clara suas rotinas ou projetos ao contrário de usar expressões como “desenvolvimento de estratégias organizacionais visando o aumento significativo dos resultados”. Se pretende falar sobre resultados obtidos, índices ou outros dados e esses forem realmente relevantes, informe-os. Got it?

Sempre revise seu Currículo para se certificar de que está direcionado para a Empresa certa, desanima receber um Currículo direcionado para o concorrente, ou mesmo que apresenta objetivos não relacionados com a vaga em questão. Esses são detalhes muito simples que podem fazer uma grande diferença para você.

Agora que você já sabe o que deve fazer, vou apontar algumas coisas que você não deve fazer de maneira alguma, portanto, evite:

– Falar sobre a vida pessoal e hobbies em seu Currículo;

– Incluir referências profissionais. Se o empregador solicitar, informe;

– Mencionar salário pretendido, a menos que seja solicitado;

– Utilizar fontes como Times New Roman ou Arial, prefira Tahoma ou Verdana;

– Usar pronomes pessoais como “eu” ao redigir as informações.

Quando as empresas solicitam fotos, o que é muito comum quando se trata de contratação internacional nas áreas de hotelaria, restauração, cruzeiros marítimos ou em companhias aéreas, seja profissional.

Se o empregador solicita a sua imagem, envie a sua melhor imagem. Jamais encaminhe fotos recortadas, com outras pessoas, selfies, com roupas inadequadas, mostrando muita pele ou a sua coleção de tatuagens. Você tem a obrigação de ser profissional se espera um convite para uma entrevista que possa te levar a ocupar uma posição profissional.

 

A MELHOR MANEIRA DE APRESENTAR A SUA IMAGEM…

… é sem dúvida por meio da contratação de um profissional para fazer isso, a minha recomendação é que você vá até um estúdio fotográfico, vista ou leve com você um traje social ou o uniforme de trabalho, pose para uma foto de rosto como se fosse para fazer seu passaporte (passport size photo) em fundo branco, mas sorrindo, de preferência mostrando os dentes, pois para algumas posições, a sua simpatia também pode ser um fator determinante para despertar o interesse dos empregadores.

E outra de corpo inteiro (full length photo), com uma postura ereta, braços ao lado do corpo e uma expressão facial receptiva. Ambas em fundo neutro (de preferência branco). Exemplo:

 

 

Jamais apresente fotos com mãos nos bolsos, braços cruzados, usando assessórios como bolsas, bonés, com pouca iluminação ou em ambientes visualmente poluídos. Não exagere na maquiagem, apare bem a barba, são esses cuidados que irão proporcionar a você maior credibilidade visual.

Caso não tenha verba para investir em fotos profissionais, opte por um cenário neutro, uma parede de cor sólida ou mesmo uma porta de cor neutra e clara. Hoje em dia os celulares são capazes de tirar fotos em boas resoluções. Lembre-se, quando se trata de sua imagem, tudo pode estar em jogo, portanto capriche.

Agora que já falamos de seu Currículo e de suas fotos, está na hora de cuidarmos de sua carta de apresentação, mais conhecida como Cover Letter.

Esse documento, que na verdade é uma extensão de seu Currículo é tão importante quanto ele, pois permite que você conte a sua história, estreitando sua relação com o empregador antes mesmo de se conhecerem. O cuidado com a linguagem utilizada é essencial nesse momento para que sua imagem como profissional seja preservada.

 

ELABORAR UMA COVER LETTER DE GRANDE IMPACTO…

… exige um pouco de habilidade, ela deve ser atrativa para o leitor e para que isso aconteça, deve seguir uma linha de raciocínio envolvente e que apresente uma ligação lógica entre os assuntos abordados, como se fosse uma redação, deve apresentar introdução, desenvolvimento e conclusão.

Nesse documento você pode elaborar informações pessoais sobre você que podem não se encaixar facilmente no Currículo, e também justificar um período que ficou sem trabalhar para que seja preenchida alguma lacuna que aperece em seu material.

Se você pesquisou a empresa e encontrou pontos relevantes que permitem fazer uma relação entre esses itens e seu histórico profissional, essa pode ser uma excelente oportunidade para começar a vender seu peixe antes da entrevista. Isso mostra que você dedicou seu tempo para se informar, iniciativa bastante apreciada.

Siga a seguinte ordem para elaborar a sua:

– Apresente-se de uma forma cordial ao seu potencial empregador;

– Expresse a razão pela qual está escrevendo para essa empresa;

– Discorra brevemente sobre sua educação e evolução profissional;

– Conte brevemente uma história, a sua história;

– Compartilhe suas conquistas com clareza;

– Manifeste seu interesse em trabalhar para empresa ou cargo alvo;

– Informe o valor que pode vir a agregar ao seu futuro empregador;

– Fale por que você é um bom match para as posição de interesse;

– Coloque-se a disposição para quaisquer esclarecimentos;

– Agradeça a oportunidade de ter sua apresentação avaliada para fazer parte da empresa;

– Agradeça também pelo tempo do recrutador;

– Assine cordialmente o documento com seu nome e sobrenome.

Se possível, descubra o nome da pessoa que vai ler a sua carta, faça uma busca no Google, Linkedin, não é complicado, observe o eMail do destinatário ou o anúncio da vaga em busca de alguma pista, tente endereçar o documento a pessoa certa (Dear Mr./Ms. Smith), evite ao máximo enviar mensagens genéricas utilizando expressões como “Dear Recruiter” ou “To Whom It May Concern”.

Mantenha a mesma fonte utilizada em seu Currículo, não busque por modelos, não faça adaptações em arquivos já existentes ou de terceiros, crie seu próprio documento, prefira criar uma carta de um pouco mais de meia página, a menos que esteja aplicando para cargos executivos, nesse caso limite a uma página inteira. Se você seguir todos esses passos, você irá se surpreender com os resultados.

Além de sua carta de apresentação, outra ferramenta muito utilizada hoje em dia em recrutamentos internacionais é o Video Resume. Esse recurso permite que os empregadores possam avaliar questões como nível de inglês, a simpatia, o carisma, a postura profissional e a apresentação pessoal de quem se candidata as oportunidades.

E para você, pode ser mais uma chance de manifestar a sua criatividade e apresentar um material que te destaque dos demais concorrentes.

 

A CRIAÇÃO DE UM VIDEO RESUME COMPETITIVO…

… pode parecer assustador no início, principalmente para os mais tímidos, pois a sensação de ser avaliado pode dar um friozinho na barriga mesmo antes de ligar a câmera. Mas acredite, não existe nenhum mistério por trás disso. Foque nos benefícios de elaborar esse material visual para aumentar as suas chances de conseguir o seu contrato internacional.

O principal, é causar uma boa primeira impressão para quem o tiver assistindo do outro lado do mundo. A criatividade é livre, mas deve ser levado em consideração a sua área de atuação, algumas áreas permitem abordagens mais pessoais, como no caso de artistas, profissionais de recreação, designers e outras exigem uma postura mais séria do candidato à vaga de emprego, a exemplo de quem busca cargos administrativos, nas áreas de finanças, hotelaria, gastronomia e afins.

Veja a seguir o passo a passo e os cuidados que deve tomar para criar o seu:

– Elabore um script, organize suas ideias de modo que elas sigam uma linha de evolução, assim como em sua Cover Letter, mas não cometa o erro de oferecer exatamente as mesmas informações, faça somente algumas referências a ela caso necessário para sua apresentação não ficar redundante;

– Após definir o que pretende falar, pratique bastante para que fique o mais natural possível, se for necessário, decore ou utilize um Teleprompter para dar suporte (existem aplicativos para celulares e computadores com essa função);

– Apresente-se ao empregador sendo confiante;

– Mantenha sempre seus olhos voltados para a câmera;

– A linguagem corporal também é muito importante, nada de exageros, faça movimentos suaves ao se comunicar ou gesticular;

– Prefira por manter a duração em torno de 1 minuto, caso tenha necessidade de se estender um pouco mais, procure não ultrapassar a faixa de 2 minutos. Após escrever seu script, monitore o tempo que levará para falar tudo o que precisa e faça as adaptações necessárias;

– Vista-se de forma profissional, como se fosse para atender uma entrevista real, utilize as mesmas dicas mencionadas anteriormente para a produção de suas fotos;

– Escolha um ambiente neutro, sem barulho e com boa iluminação para gravação;

– Sorria durante sua apresentação, principalmente no início e ao se despedir;

– Faça algumas gravações de teste até que consiga um material satisfatório;

– Caso precise, utilize softwares ou aplicativos de edição ou se preferir, contrate um profissional para fazer essa parte técnica para você;

– Não informe dados como eMail, telefone, Skype ou qualquer contato no vídeo;

– Ao fazer o upload de seu vídeo na internet, recomendo utilizar o YouTube, nomear seu material como “Video Resume – Seu Nome – Sua Área Profissional” e selecionar a opção “Não Listado”, desse modo somente quem tiver o link de seu vídeo terá acesso a ele, ficando de fora do sistema de busca convencional, permitindo a você mensurar o alcance desse material ao monitorar o número de visualizações.

Veja um exemplo criado por mim em https://youtu.be/L7XJ_ixA-vc

E diversos outros videos no website da Placement International.

Em um cenário mundial cada vez mais competitivo, o esforço e o tempo dedicado em apresentar um bom Video Resume certamente fará com que você se destaque da maioria dos candidatos.

Deixo de presente um modelo de Currículo para facilidar a sua vida, pode fazer o download direto do meu drive aqui.

Esse post foi publicado para te orientar de modo que você seja capaz de conseguir elaborar todos as suas peças de apresentação sem precisar da ajuda de ninguém, mas se de repente não estiver confiante em seu inglês e queira uma segunda opinião, o recomendado é utilizar os serviços de um profissional de redação de Currículos para garantir que você não deixou escapar nenhum detalhe importante.

 

PS 1: Mais de 11 Mil pessoas das áreas de GastronomiaHotelaria e Turismo já participam do nosso Grupo Privado no Facebook onde divulgo oportunidades no exterior, vem com a gente.

PS 2: Siga no Instagram @konradu (me ajudar a chegar aos 10 mil para eu poder ativar o recurso do “arrasta para cima”) e @placement_international para ter acesso a vagas inéditas, ficar por dentro de nossas feiras de recrutamento e acompanhar os bastidores das operações.

Deixe um comentário