fbpx

Trabalhar nos EUA em Hotéis e Restaurantes

Todos os dias diversas pessoas me perguntam “como funciona” para viver uma experiência profissional nos Estados Unidos, na minha Comunidade de Empregos do Facebook, no meu Instagram, via WhatsApp, no LinkedIn, por email, é uma loucura, e para ajudar a todos escrevi esse post para detalhar todo o processo.

Sabemos que no momento as viagens estão um tanto complicadas para os States devido a pandemia, entretanto, em um cenário otimista, logo tudo volta ao normal e você tem tempo para se planejar para realizar a sua, tanto no que diz respeito a se adequar aos pré-requisitos, como a melhorar o Inglês se for o caso e se organizar financeiramente para investir na sua vida na América.

(Se você ainda precisa melhorar o seu Inglês, me manda uma mensagem no WhatsApp 48 30282740, posso te colocar no caminho da fluência com foco exclusivo para viagens internacionais para os Estados Unidos, salva esse número!).

Aqui você vai aprender tudo o que é necessário para Trabalhar nos Estados Unidos legalmente por 12 meses com o Visto J1 de categoria “Internship” e “Trainee” em Hotéis e Restaurantes de Luxo, de um modo descomplicado, do início até o dia da viagem.

Eu já fiz três vezes esse tipo de intercâmbio profissional que vou te ensinar a fazer agora (morei lá em 2008/2009, 2012/2013 e todo o ano de 2017) e ajudei diversas pessoas a realizar esse sonho.

Como por exemplo o Chef Rodrigo, que aos 41 anos concluiu um Trainee remunerado de 12 meses na cozinha do The Don CeSar Hotel na Flórida, veja como foi a experiência dele…

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Agora vamos ao que interessa, veja como funciona resumindo por fases:

 

Fase 1: A sua elegibilidade – Registramos os candidatos no sistema e verificamos a elegibilidade para categoria de visto J1

Fase 2: Pré-entrevista via Skype – Avaliar suas competências, teste de Inglês, identificar seus objetivos e possivelmente apresentar as possibilidades

*Pagamento da taxa de Confirmação de Inscrição 

Fase 3: Criar sua apresentação profissional – Resume para se apresentar para as empresas

Fase 4: Receber e se candidatar para as vagas abertas – Enviamos as oportunidades abertas para você

Fase 5: Atender as entrevistas oficiais via Skype, WhatsApp ou Telefone – Treinamos você para a entrevista internacional com as empresas Americanas

Fase 6: Receber e avaliar a proposta de estágio / trainee – Você recebe a carta de convite para trabalhar na empresa que te escolheu

*Pagamento do Pacote de Documentos ao assinar o contrato com empresa Americana (valores no final do post)

Fase 7: Aguardar a documentação chegar no Brasil – Coletamos a documentação para apresentar para o Governo Americano para solicitar o seu visto J1

Fase 8: Agendamento e entrevista de visto Americano – Orientamos você em como solicitar o visto no consulado Americano e se comportar na entrevista

Fase 9: Preparativos para a sua viagem – Damos dicas para encontrar acomodação e enviamos informações essenciais sobre o destino

Fase 10: Começa a sua experiência internacional!

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

DETALHANDO CADA UMA DAS FASES:

 

Fase 1: A sua elegibilidade

Nessa fase, é avaliada detalhadamente a sua elegibilidade para solicitar o visto J1, fazemos um paralelo entre as regras do visto e seu perfil, veja a seguir as 4 formas de ser elegível para solicitar o visto após uma aprovação em entrevista internacional:

1 – Ser Estudante da graduação das áreas de Gastronomia, Hotelaria ou Turismo de uma instituição de fora dos Estados Unidos, com o mínimo de dois semestres cursados de teoria;

ou

2 – Profissionais graduados em menos de 1 ano em uma das áreas acima;

ou

3 – Profissionais graduados há mais de 1 ano em uma das áreas acima que possam comprovar no mínimo 1 ano de experiência recente diretamente relacionada a Gastronomia ou Hotelaria fora dos Estados Unidos;

ou

4 – Profissionais sem graduação nas áreas de Gastronomia, Hotelaria ou Turismo, mas que possam comprovar no mínimo cinco anos de experiência recente em Hotéis, Restaurantes abertos ao público ou Navios fora dos Estados Unidos.

E também:

– Ter mais de 18 anos (não há limite de idade, mas profissionais muito experientes podem ser considerados como “overqualified” e não serem aceitos, somente analisando o histórico completo do profissional para saber)

– Possuir no mínimo Inglês Intermediário para cozinha, Avançado para atendimento e Fluente para posições de gestão

*Todos estão sujeitos a mais de uma verificação detalhada de elegibilidade.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Fase 2: Pré-entrevista comigo via Skype/WhatsApp 

A pré-entrevista serve para conhecer seus objetivos, identificar se você apresenta o perfil desejado pelas empresas Americanas, testar o seu Inglês e  por fim alinhar seus interesses de modo a identificarmos a melhor forma de te assessorar. Nesse momento são definidos itens como região de interesse, empresas de interesse e departamento de interesse, para que seja possível apresentar as ofertas que mais se aproximam do seu objetivo.

As posições oferecidas de um modo geral são as seguintes:

Rooms Division – Recepção, Reservas, Auditoria, Governança, Concierge, Atendimento ao Hóspede

Food and Beverage – Assistente de Garçom, Garçom/Garçonete, Host/Hostess, Serviço de Quarto

Events – Auxiliar de Eventos

Marketing and Sales – Auxiliar de Marketing e Vendas

Human Resources – Auxiliar de Recursos Humanos

Accounting and Finance – Auxiliar Administrativo

Bartender – Bartender

Sommelier – Sommelier

Culinary – Cozinha

Pastry – Confeitaria

*Há possibilidades de “cross-training” (trabalhar em mais de um departamento)

*Há posições de supervisão dentro desses departamentos também

*Salários geralmente variam de USD 1300 a USD 6000 mensais

*Carga horária média de 32-40 horas semanais (possibilidade de horas-extras, nesses casos as empresas pagam cerca de 50% a mais do que a hora normal)

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Fase 3: Criar sua apresentação profissional

A criação de sua apresentação para os empregadores internacionais segue um padrão de currículo estabelecido por empresas Americanas. Você como participante, tem todo acompanhamento profissional para criar seu currículo em Inglês, com uma foto profissional e também para criar um Video Resume (opcional).

Após concluir sua apresentação, seu perfil será devidamente revisado antes da sua apresentação oficial para as empresas Americanas.

 

Fase 4: Receber e se candidatar para as vagas abertas

Nesse momento, com seu perfil a ponto de bala, começamos a te enviar as vagas que tem relação direta com o seu perfil e outras que acreditamos que você pode considerar e em alguns casos te apresentamos diretamente aos empregadores, portanto, há mais de uma forma de você obter um convite de entrevista.

Você geralmente recebe ofertas semanalmente, em um volume maior no início e conforme o tempo passa esse volume tende a diminuir.

Quanto mais você se candidatar para nossas ofertas, mais chances você tem de obter um contrato internacional rapidamente. Todas as vagas recebidas expiram em um prazo de 48 horas.

 

Fase 5: Atender as entrevistas oficiais via Skype, WhatsApp ou Telefone

Quando você recebe um convite para entrevista com uma de nossas empresas parceiras, enviamos os detalhes da proposta como data, horário local (informações sobre como calcular o fuso horário correto para evitar desencontro) e um tutorial para atender as entrevistas com dicas essenciais de comportamento para potencializar o seu aproveitamento.

Nesse momento também convidamos você a atender uma pré-entrevista obrigatória conosco (em Inglês).

Trata-se de uma simulação de entrevista internacional para que seja possível analisar seu desempenho, te oferecer um feedback real e dar dicas importantes para a entrevista oficial, dessa forma você terá maiores chances de obter sucesso.

 

Fase 6: Receber e avaliar a proposta de estágio / trainee

Ao obter sucesso em uma entrevista você recebe a oferta da empresa (Job Offer Letter, comece a se acostumar com os termos) com os detalhes importantes como o nome da empresa, departamento em que irá trabalhar, salário estimado por ano, mês ou hora (varia conforme cargo, departamento, empresa e região), média de horas trabalhadas, informações sobre horas extras (overtime), benefícios como acomodação e refeições, data de início sugerida e outras.

Agora você deve analisar a proposta e nos dar um feedback em no máximo 24 horas. É nessa fase que você também recebe o Boleto (Invoice) com os valores relacionados ao seu pacote de documentos e mentoria que compreende: colocação internacional, sponsor, documentação, seguro de saúde obrigatório e taxas administrativas internacionais.

Ao aceitar a proposta da empresa, você deve executar o pagamento em até 48 horas (dois dias úteis) do ato do recebimento da oferta para que seja possível dar entrada na sua documentação para solicitar o visto Americano (oferecemos três diferentes planos de pagamento, em um deles você pode dar uma entrada e pagar boa parte do serviço depois de viajar e começar a receber seu salário em Dólar nos Estados Unidos).

 

Veja como foi a experiência do Guido no The St. Regis Atlanta!

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Fase 7: Aguardar a documentação chegar (7 a 8 semanas)

Após confirmar interesse na oferta apresentada pela empresa Americana e executar o pagamento integral ou parcial do pacote de documentos, a pessoa contratada será associada a um de nossos sponsors parceiros para que seja possível dar entrada na sua documentação para apresentar no consulado Americano no dia da entrevista de visto.

*Sponsors são empresas Americanas que regulamentam a sua situação no país com o Governo para que possa trabalhar legalmente, não é a empresa que te contrata para trabalhar.

Essa documentação é gerada em conjunto entre o sponsor, empresa contratante (host company) e o Departamento de Estado Americano. Ao ser concluída, você receberá via email uma cópia do seu plano de estágio / trainee (DS7002) e via Fedex no seu endereço residencial o DS2019 para apresentar junto com seu passaporte e demais documentos na entrevista de visto.

Você tambem receberá as orientações para efetuar o pagamento da taxa SEVIS (Student Exchange Visitor Information System), a SEVIS é administrada pelo Escritório de Imigração e Fiscalização Aduaneira (ICE) do Departamento de Segurança Interna (DHS). É um banco de dados que mantém informações sobre estudantes estrangeiros e visitantes de intercâmbio antes e durante sua permanência nos Estados Unidos.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Fase 8: Agendamento e entrevista de visto Americano (2 a 3 semanas)

Ao confirmar o recebimento de seus documentos, você poderá agendar a sua entrevista no consulado. Esses documentos são rastreados e nosso departamento de visto irá informar você sobre a data prevista para o recebimento de modo a dar início na próxima etapa.

Você receberá então as orientações de como agendar sua entrevista de visto Americano, a lista dos documentos que deve apresentar, dicas de como se comportar durante a entrevista no consulado e todo suporte necessário para que tenha seu visto concedido para iniciar o seu intercâmbio profissional remunerado nos Estados Unidos.

O agendamento deve ser feito online para entrevista presencial em um dos consulados Americanos no Brasil (Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília ou Recife), escolha o mais adequado geograficamente para facilitar o seu deslocamento.

Ao ter o visto aprovado você receberá seu passaporte com o mesmo em alguns dias via correio.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Fase 9: Preparativos para a sua viagem 

Chegamos na etapa mais excitante do processo de planejamento, visto aprovado e com um friozinho na barriga, chegou a hora de você receber informações de valor sobre o seu destino escolhido, dicas de viagem, sua documentação referente ao seguro de viagem, dicas para encontrar acomodação, orientações sobre as primeiros procedimentos que deve fazer ao desembarcar nos Estados Unidos, comprar a sua passagem aérea, fazer quantas festas de despedida quiser com seus amigos e familiares e partir em rumo a sua experiência na América!

Penso que esteja se perguntando como funciona a questão da acomodação, vou explicar, existem 3 cenários que devem ser considerados:

1 – Caso você consiga uma oferta em uma área isolada, como resorts nas montanhas, no deserto ou em praias distantes de centros, essas empresas geralmente oferecem a acomodação em alojamento dos funcionários e podem descontar uma pequena parcela do seu salário para cobrir as despesas da mesma ou não;

2 – Há casos de empresas que oferecem de uma a duas semanas de acomodação no próprio hotel ou alojamento quando você desembarca na cidade de destino, para que tenha tempo hábil para encontrar um lugar para morar ou encontrar algum roommate;

3 – Há também casos de empresas que não oferecem absolutamente nenhuma assistência de moradia, no entanto, nesses casos  damos dicas de como encontrar a sua moradia na cidade de destino para onde vai viajar, como contatos de agentes imobiliários, websites de pesquisa de quartos/apts/roommates, aplicativos que facilitam a aproximação de roommates como Roomster, Airbnb, Findaroommate etc.

Se você chegar até aqui, penso que irá ter uma experiência inesquecível.

Eu já percorri esse caminho três vezes (Aspen, Atlanta e Miami Beach) e junto com minha equipe internacional posso te ajudar em todas as fases, inclusive te dar dicas exclusivas de como tirar o melhor proveito do seu intercâmbio.

Será um prazer te ajudar a conquistar uma oportunidade para viver uma experiência na América.

Ah, além disso, nossa lista de empresas parceiras conta com restaurantes de Chefs famosos, veja alguns abaixo e onde ficam seus restaurantes:

Michael Mina – Mina Group – Vagas no Hawaii, Seattle, Boston, San Francisco, San Diego, Santa Clara, Miami, Washington DC e Nashville

David Chang – Momofuku Group – Vagas em New York, Washington DC, Los Angeles e Las Vegas

Jean-Georges Vongerichten – Vagas em New York City, Miami Beach, Bridgehampton e Pound Ridge

Andrew Carmellini – NoHo Hospitality Group – Vagas em New York City, Detroit e Miami Beach

Daniel Boulud – Dinex Group – Vagas em New York City, Miami, Washington e Palm Beach

Jose Andres – The Bazaar by José Andrés – Vagas em Miami Beach e Puerto Rico

Francis Mallmann – Faena Group – Vagas em Miami Beach

Maison Eric Kayser –  Vagas em New York City

Helene Henderson – Vagas em New York City

Fabio Trabocchi – Vagas em Washington DC

Dominique Ansel – Vagas em New York City

Ayesha Nurdjaja – Vagas em New York City

Lorena Garcia – Vagas em Las Vegas e Miami

Gastón Acurio – Vagas em San Francisco

Victoria Blamey – Vagas em New York City

Michael Schwartz – Vagas em Miami

Nobu – Vagas em Miami Beach

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

RELAÇÃO INVESTIMENTO vs RETORNO DA QUALIFICAÇÃO INTERNACIONAL

 

Estamos atualizando os valos referentes ao Pacote de Documentos e Mentoria para 2021, em breve disponibilizaremos aqui.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

RETORNO – Levando em conta que a média salarial paga pelas empresas Americanas para posições “entry-level” é de U$ 1750 e que um experiência profissional de 12 meses pode ser iniciada por cerca de U$ 5000 (passagem, seguro, documentos, serviço parcelado e verba para levar), nota-se que o retorno do investimento pode ser obtido em cerca de 3 meses.

Considerando o Dólar a R$ 5,00, o Investimento Inicial seria de R$ 25.000,00 (contando já com a verba que a pessoa leva para se manter até receber o primeiro pagamento). Sendo um Ganho Anual estimado de U$ 21.000, considerando o Dólar a R$ 5,00, temos o Ganho Total de R$ 105,000,00. O Ganho Total menos o Investimento Inicial é igual ao Lucro de R$ 80.000,00, além do aprendizado com o treinamento, do network que pode abrir diversas portas no futuro e da vivência internacional.

Nos casos em que as empresas oferecem a moradia sem custo, grande parte do lucro pode ser economizado. Usando como exemplo uma vaga na empresa Westchester Country Club, localizada próxima a New York, sabendo que o salário é de a partir de U$ 1750 por mês e que a empresa oferece também a acomodação, nota-se que entra cerca de R$ 8.750,00 no bolso do participante todo mês. E multiplicando R$ 8.750,00 por 3 meses de trabalho, temos R$ 26.250,00, ou seja, o investimento inicial praticamente limpo.

Em um outro exemplo considerando a empresa Jean-Georges at Topping Rose House localizada em Bridgehampton, New York, sabendo que o salário é de a partir de U$ 14 por hora e que a empresa oferece moradia e também transporte free, observa-se que tomando como base uma carga horária de 40 horas semanais (equivalente a 160 horas mensais) o participante ganha por volta de U$ 2240 em um período de 30 dias, ou seja, cerca de R$ 11.200,00. E multiplicando R$ 11.200,00 por 3 meses de trabalho, temos R$ 33.600,00bem mais do que o investimento inicial.

Nem todas as empresas oferem moradia free, mas diversas oferecem à baixo custo (geralmente entre U$ 200 e U$ 400).

“Tá, mas as empresas descontam algo do salário, né?” – Sim, todas são obrigadas por lei a recolher impostos, entretanto, boa parte dos impostos recolhidos (que variam de Estado para Estado e são menores do que os aplicados aos cidadãos Americanos) são ressarcidos no final de cada ano fiscal nos Estados Unidos, permitindo que os participantes recebam de volta algo em torno de U$ 800 (R$ 4.000,00 considerando o Dólar a R$ 5,00) para cima por seus 12 meses de trabalho (esse serviço pode ser facilmente contratado por meio de empresas como a www.taxback.com).

Com o lucro financeiro da vivência nos Estados Unidos, a pessoa pode fazer compras, viajar, economizar para outro intercâmbio, abrir um negócio próprio ou para fazer uma pós-graduação no Brasil ou no exterior, por exemplo.

*Profissionais graduados, mais experiêntes e com background em empresas de alto padrão podem obter ofertas salariais de até U$ 60.000,00 por ano, se você for um deles, faça a conta aí.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

+DEPOIMENTOS

– Djalma Martins – Hilton Nashville Downtown, Tennessee

– Daniel Lisboa – El Monte Sagrado, Novo México

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS – FAQ

 

Como Trabalhar nos Estados Unidos?

O ideal é receber o convite de uma empresa para trabalhar lá para você ir com segurança e de forma legalizada, por essa razão, oferecemos serviço de colocação profissional por meio do visto J1 de categorias intern e trainee para pessoas altamente qualificadas. Esse visto permite aos estudantes e profissionais das áreas de Gastronomia, Hotelaria e Turismo trabalharem legalmente e desenvolverem suas habilidades em seus campos de expertise em território Americano por períodos de 6 a 18 meses.

 

Bônus: Se você for de qualquer outra área, Arquitetura por exemplo, as regras para trabalhar com o visto J1 de intern e trainee são as mesmas, mas tem que ser em uma empresa da sua área. Eu, entretanto, foco exclusivamente em estudantes e profissionais das áreas de Gastronomia, Hotelaria e Turismo pelo fato de que a área de estudo / profissional deve estar de acordo com a área que em a pessoa vai trabalhar nos Estados Unidos e meu network de alto nível é com hotéis e restaurantes, são normas do visto.

 

Qual é o objetivo do estágio e formação profissional nos Estados Unidos?

Este programa de estágio nos EUA Hotel oferece treinamentos práticos e funcionais em todos os aspectos de gerenciamento dentro desses departamentos, desde tarefas de nível básico até tarefas de supervisão. Os objetivos de um estágio em hotel nos EUA e programas de treinamento são desenvolver ainda mais o conhecimento, habilidades e competências do participante, desde trabalhos iniciantes até tarefas de supervisão por meio de uma combinação de tarefas de treinamento estruturadas. Além disso, após concluir a experiência, o participante poderá demonstrar claramente sólidas habilidades de gerenciamento. O participante alcançará um nível mais alto de profissionalismo, para que possa aplicar seus conhecimentos e habilidades recém-adquiridos ao retornar ao seu país de origem. O participante é supervisionado por um gerente de departamento sênior. A organização anfitriã fornece avaliações de feedback de clientes / hóspedes quando disponíveis. Todos os participantes são geralmente avaliados após três meses, seis meses e depois recebem também uma avaliação final.

 

Por que vale a pena trabalhar nos Estados Unidos?  

Para adquirir visão de mundo, obter crescimento pessoal e profissional, conhecer e viver em meio a diferentes culturas, entender a cultura corporativa Americana, fazer amigos internacionais e aumentar seu network, dar a largada em sua carreira em uma empresa internacional se for estudante ainda, voltar com fluência absoluta no Inglês, desenvolver habilidades em sua área profissional, valorizar o seu Currículo e aumentar as chances de ter uma carreira de sucesso, ganhar em moeda de maior valor, trazer para o Brasil ideias e modelos de negócios inovadores e viajar para conhecer seus destinos favoritos.

 

Onde encontrar trabalho nos Estados Unidos?

Em diversos hotéis 4 e 5 Estrelas, alguns membros to grupo The Leading Hotels of the World – LHW, Hotéis Forbes 5-StarAAA Five-Diamonds, Restaurantes de Chefs Celebridades e com até 3 Estrelas Michelin em praticamente todo o território Americano.

 

Posso escolher a empresa que eu quiser nos Estados Unidos?   

Não, você pode escolher se candidatar para as vagas que recebe enviadas por nós dentro do nosso portal, no entanto, as empresas americanas escolhem para quem oferecer uma oportunidade de entrevista e em caso de aprovação apresentam a proposta formal (Job Offer Letter).

 

Quanto tempo demora todo o processo para começar a trabalhar nos Estados Unidos?

Em média cerca de 3 meses, considerando todas as fases e respeitando o prazo de emissão de uma série de documentos. Pode levar mais caso a pessoa interessada esteja focando algo muito específico, por exemplo, um restaurante com Estrela Michelin do Chef Daniel Boulud na cidade de New York. Recomenda-se analisar propostas no país como um todo para avaliar os benefícios de treinar em cada uma delas.

 

Por que tem que “pagar” para fazer esse intercâmbio profissional?

Primeiramente, considere como um investimento na sua carreira que certamente vai te agregar valor como profissional na sua área de atuação e entenda que profissionais de maior valor tecnicamente são melhor remunerados no mercado de trabalho. Sabendo disso, somos uma empresa prestadora de serviços de colocação internacional. A maior parte do valor associado ao pacote de documentos é repassado para terceiros para que sejam gerados os seus papéis para solicitar o visto Americano de categoria J1, o seu seguro obrigatório, além de taxas pagas ao Governo Americano, taxas de transferências internacionais, taxas de envio dos documentos até a sua casa etc. O nosso papel é organizar todo esse processo para que você possa viver essa experiência com segurança nos Estados Unidos e em empresas de alto padrão que podem agregar um valor inestimável para o seu futuro profissional. Falar que visitou os EUA ou que estudou Inglês lá é fácil, falar que fez um “work experience” nos EUA e “trampou” na lojinha nas férias da faculdade também é, mas possuir no Currículo uma experiência de 12 meses em um Hotel 5 Estrelas, Forbes 5-Star ou membro do grupo The Leading Hotels of the World – LHW ou em restaurantes estrelados assinados por Chefs como David Chang, Daniel Boulud, Jean-Georges, Michael Mina, Gastón Acurio… muda o nível da conversa, concorda?

 

And that’s what makes the difference my friend, head up to the next level. Vem comigo!

 

PS 1: Participe da maior Comunidade Privada Brasileira de vagas internacionais para estudantes e profissionais das áreas de GastronomiaHotelaria e Turismo no Facebook em http://bit.ly/VagasPeloMundo

PS 2: Siga o Instagram @konradu para ter acesso a vagas inéditas, ficar por dentro de nossas feiras de recrutamento e acompanhar os bastidores das operações.

 

VEJA OS BASTIDORES E EXEMPLOS DE VAGAS EM HTTP://BIT.LY/VEMPARAOINSTA

 

Thank You For Your Time! 

 

 

Marcelo Konradu – Profissional com mais de 12 anos de experiência, graduado em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI, especializado em Hospitalidade nos Estados Unidos nos departamentos de Rooms Division pela rede Marriott International e de Food and Beverage pelo Grupo Faena. Mentor licenciado pela Sociedade Brasileira de Coaching – SBCoaching. Aprovado em processos seletivos de empresas como Royal Caribbean, AccorHotels, Marriott Hotels & Resorts, Hilton Hotels e Faena Group. Apaixonado por hospitalidade, atua como Mentor de Carreira, Recrutador Internacional Independente e Mentor de Intercâmbios.

27 Comments

  • Angelica
    Posted fevereiro 11, 2019

    Trabalho na àrea Hotelaria a 12anos sendo que 8 anos em navio de cruzeiro não tenho inglês fluente mas gostaria de trabalhar na Hotelaria ou turismo para adquirir fluência e estudar inglês.

    • Marcelo Konradu
      Posted fevereiro 12, 2019

      Oi Angelica, obrigado pelo contato. Por favor, envie o seu CV para [email protected] para que possamos avaliar sua elegibilidade para nossos programas nos Estados Unidos. 🙂

  • Sandy da Silva Alves
    Posted fevereiro 28, 2019

    Bom dia!! Eu tenho muito interesse em trabalhar nos USA!! Mas não estou cursando nenhum desses cursos!! Eu sou professor de inglês a muitos anos!! Queria mudar de vida!

    • Marcelo Konradu
      Posted março 1, 2019

      Olá Sandy,

      Muito obrigado por comentar e por compartilhar as suas informações.

      Para que eu possa te ajudar a realizar esse sonho, precisaria se adequar aos seguintes requisitos:

      QUEM PODE – ESTADOS UNIDOS

      • Ter de 18 a 38 anos de idade (idade máxima flexível para casos específicos)
      • Possuir no mínimo Inglês Intermediário para cozinha, Avançado para atendimento e Fluente para posições de gestão

      E se enquadrar em um dos itens abaixo:
      1 – Ser Estudante da graduação das áreas de Gastronomia, Hotelaria ou Turismo de uma instituição de fora dos Estados Unidos, com o mínimo de dois semestres cursados de teoria; OU
      2 – Profissionais graduados em menos de 1 ano em uma das áreas acima; OU
      3 – Profissionais graduados a mais de 1 ano em uma das áreas acima que possam comprovar no mínimo 1 ano de experiência recente diretamente relacionada a Gastronomia ou Hotelaria fora dos Estados Unidos; OU
      4 – Profissionais que tenham no mínimo cinco anos de experiência recente diretamente relacionada a Gastronomia ou Hotelaria fora dos Estados Unidos.

      Desejo boa sorte em sua busca por uma oportunidade nos EUA.

  • Catia Correa
    Posted março 1, 2019

    Boa noite! Tenho experiência na área de limpeza, curso de higienização hospitalar… Teria oportunidade na área de limpeza também? Inglês básico…
    Obrigada

    • Marcelo Konradu
      Posted março 4, 2019

      Oi Catia, obrigado por acompanhar o Blog, por favor, acesse a sessao “COMO FUNCIONA” no menu do Blog para entender os requisitos para os programas, ha algumas oportunidades na area de limpeza, mas precisa ter o Ingles pelo menos avancado para passar nas entrevistas internacionais. Bom Carnaval!

  • Pilar canayo lozano
    Posted março 26, 2019

    Gostaria de mais informações para trabalhar nos Estados Unidos

    • Marcelo Konradu
      Posted março 26, 2019

      Bom dia Pilar, obrigado pelo contato. Quais informacoes voce gostaria de saber que nao encontrou no artigo do Blog? 🙂

      • Estefânia
        Posted junho 24, 2020

        Oi bom dia ,não tenho experiência em hotelaria Ms sim com atendimento direto ao público e meu inglês e básico,Ms sonho em morar no exterior ter um plano de carreira em que tenha retorno financeiro melhor que no Brasil e de onde eu possa aprimorar meu inglês

        • Marcelo Konradu
          Posted junho 25, 2020

          Oi Estefania,

          Obrigado por comentar e por acompanhar o Blog.
          Siga sempre em frente com seus objetivos, entretanto, para trabalhar em hoteis ou restaurantes nos EUA com o visto J1 voce vai precisar ou de experiencia na area ou de graduacao na area (gastronomia, hotelaria ou turismo).
          Com relacao ao seu Ingles, posso te dar umas dicas em como evoluir rapidol, com estilo e com foco para viagens, se tiver interessada, manda um “oi” no WhatsApp 48 30282740.

          @konradu

  • Armando
    Posted abril 3, 2019

    Olá Marcelo,
    Tenho 15 anos de experiência em hotelaria, sendo 7 como coordenador de equipe de recepção e ab.
    Inglês intermediário para avançado.
    Acha que possuo possibilidades?
    Obrigado.

    • Marcelo Konradu
      Posted abril 4, 2019

      Boa tarde Armando,

      Muito obrigado por acompanhar o blog.

      Penso que pelo seu tempo de experiencia as empresas internacionais podem exigir de voce a fluencia na lingua inglesa.

      De qualquer forma, voce poderia fazer a gentileza de encaminhar o seu Curriculo completo para [email protected] para que possamos verificar as possibilidades de te assessorar, por favor?

      Atenciosamente,
      Marcelo

  • Marli Gonçalves Pirró
    Posted abril 21, 2019

    Tenho 57 anos. Tenho inglês intermediário, será que consigo trabalho nos EUA?

    • Marcelo Konradu
      Posted maio 4, 2019

      Boa tarde Marli, obrigado por acompanhar o Blog.
      Pela sua idade seria necessario avaliar o ano da sua graduacao em gastronomia para verificar a sua elegibilidade para os programas nos EUA com o visto J1, como sao de estagios ou trainees, ha possibilidade de voce ser considerada “overqualified” para atender a esses tipos de treinamento.
      Notei que voce ja fez o cadastro online, siga as instrucoes dos emails que recebe para que possamos determinar a sua elegibilidade para trabalhar nos EUA.
      Bom final de semana.

      Marcelo Conrado

  • Ana Valeria
    Posted maio 4, 2019

    Olá Marcelo Konradu, meu grande sonho sempre foi trabalhar e viver no exteroior mas perdi as oportunidades….tambem nao tenho mais idade p esstas oport[mas o sonho continua].Pois bem,sou diretora de escola de idiomas e temos cursos preparatorios p bolsas de estudo e trabalho internacionais.Gostaria de incluir ao nosso campo de informaçoes junto aos nossos alunos da area [turismo e hotelaria],seus posts e links para que eles possam ter essa oportunidade ,atraves das suas informaçoes e assim podermos encoraja-los muito mais.Se nos permite,por gentileza,obrigada ,Ana Valeria

  • Lilian Iara Dos Santos
    Posted novembro 4, 2019

    Boa noite ,tenho muito interesse em trabalhar no exterior mais nunca tive oportunidade ,e hoje com 36 e mais de 5 anos trabalhando em restaurante no Rio de janeiro queria essa nova experiência, mais não falo inglês, como eu faço pra me candidatar a uma vaga ?

    • Marcelo Konradu
      Posted novembro 7, 2019

      Oi Lilian,

      Muito obrigado por acompanhar o Blog! Penso que posso te ajudar, mas primeiro voce precisa aprender Ingles, nao tem outro jeito. Praticamente todas as empresas internacionais que eu represento entrevistam os Brasileiros em Ingles. A unica forma de “escapar” do Ingles seria investir em um estagio em Portugal, mas para isso teria que iniciar uma faculdade de Gastronomia, Hotelaria ou Turismo e cursar pelo menos 1 ano.

      Acredito que estudar Ingles seja mais simples, ne? 🙂

      Vou te dar algumas sugestoes:
      1. Leia o post onde eu falo como aprendi sozinho http://bit.ly/DicasParaAprenderIngles
      2. Minha amiga lancou essa semana um curso 100% online acesse http://bit.ly/QueroFicarFluente e use o Cupom “DESCONTO40” para aproveitar o desconto, expira em poucos dias!

      Boa sorte!

      Abs.

  • Ricardo
    Posted fevereiro 23, 2020

    Olá, como poderia tentar participar de um estágio em Portugal?
    Já possuo formação Superior completo em gestão de turismo, curso de inglês 44 horas ( básico) , curso de concierge – senac , Espanhol 66 horas ( básico) e curso de bombeiro civil.
    Como meu inglês é básico não teria oportunidades nos Estados Unidos, mas quem sabe em Portugal ?

    • Marcelo Konradu
      Posted fevereiro 24, 2020

      Oi Ricardo,

      Muito obrigado por sua mensagem.
      A principio penso que nao tenho como te ajudar, os estagios em Portugal e demais paises da Europa sao exclusivos para estudantes ainda na graduacao de cursos de Gastronomia, Hotelaria ou Turismo. De qualquer forma, sinta-se a vontade em enviar o seu Curriculo para [email protected] para que eu possa verificar a melhor alternativa para voce se internacionalizar.

      Abs.
      Marcelo

  • Jose Janildo
    Posted abril 29, 2020

    Seria um sonho realizado poder ir trabalhar nos EUA

  • Lucas Paes
    Posted abril 30, 2020

    Ola Marcelo, meu nome e lucas paes. Atualmente eu estou morando e estudando em miami. Porem eu e minha namorada Leticia recebemos uma proposta de trabalhar com o J1 visa por um companhia aqui. A advogada da empresa nos orientou que devemos fazer o processo do documento DS 7002 através de uma empresa do Brasil. Gostaria de saber se podemos fazer esse processo com você e quanto custaria.
    Desde de já agradeço!

    • Marcelo Konradu
      Posted abril 30, 2020

      Oi Lucas,

      Muito obrigado pelo contato.
      Acabei de responder seu email.
      Conversamos por lá.
      Abs.

      @konradu

  • Thady Souza
    Posted maio 7, 2020

    Gostei muito talvez eu não tenha chance devido minha idade de 64 anos Será que alguma empresa iria se interessar pelo meu trabalho, tenho bastente experiência na gastronômica, já trabalho como cozinheiro à 16 anos no meu próprio negócio, estudei no IGA, Instituto Gastronômico das Américas, fiz alta gastronomia, mas parei no último período devido uma cirurgia eletiva. Atualmente sou potager no meu restaurante, me tornei um especialista em sopas me considero um mestre no assunto quero frisar que eu tenho uma empresa mei alimentação delivery já alguns anos.
    Eu tambem fiz aulas on-line com o chef Gordon Ramsey, chef Dominique Anselmo, chef Massimo Bottura, através através de um programa chamando Master class aprendi muitas coisas com esses caras incríveis. Mas se for para sair do Brasil para ganhar um bom salário e com condições plena em em outro país, claro será muito bem vindo essa oportunidade, com certeza fico muito satisfeito em um retorno seu em breve. Um forte abraço irmão.

    • Marcelo Konradu
      Posted maio 10, 2020

      Olá Chef Thady,
      Muito obrigado por acompanhar o blog e compartilhar sua trajetória.
      Dentre alguns dos requisitos para obter permissão para trabalhar/estagiar em outros países, está possuir vínculo com instituições de ensino regulamentadas pelo MEC (para Brasileiros), a idade nem sempre impede as pessoas de realizar esses projetos, mas o tempo de experiência talvez. Em breve nossa equipe apresentara novidades, para profissionais graduados e qualificados trabalhar legalmente na Europa. Por favor, acompanhe os próximos posts. Um forte abraço para você também Chef.

      @konradu

  • Vanessa
    Posted junho 16, 2020

    Ola me chamo Vanessa .Moro e trabalho no Japão por muitos anos e sempre tive vontade de ir pra USA trabalhar e ter novas experiências ,melhorar meu Ingles e Fazer o melhor na empresa .Sempre trabalhei em indústrias de automóveis .Gostaria de uma oportunidade na América…

    • Marcelo Konradu
      Posted junho 20, 2020

      Oi Vanessa,

      Obrigado pelo contato e por acompanhar o Blog, acredito que ainda da tempo de se adequar aos requisitos de elegibilidade para o visto J1 mencionados no post para viver uma experiencia nos EUA, so depende de voce!

      Bom final de semana!

      @konradu

Deixe um comentário